29 de outubro de 2009

de perto

E foi assim
De repente o sim
Quando eu me vi

Já estava indo em
direção à tua boca,

meus braços já te
enlaçavam, meu
olhar deslumbrado

contemplava assim,
simplesmente, aquele
teu olhar assustado,


esse teu corpo
e o teu coração
num disparo silencioso
ao meu lado.

E de repente assim,
veio um sim, um descuido
Um acidente, uma raridade
Um beijo e um enlace

Já sem fim, em mim...

2 comentários:

Sandra Timm™ disse...

Sim, amores são acidentes...

E sempre saímos atropelados

Mari e Ana disse...

amor amor amor, difícil, mas lindo!
Lindas palavras! Te seguirei.

Ana