19 de novembro de 2008

teu nome

seu nome começa com E
como um grande enigma
com o qual se mostra
esse eterno sorriso
voltado à si mesma.

uma quimera
silenciosamente clara

o que atiça ainda mais
o brilho nos meus olhos

[de sol, luz,
perfumes do mar]

4 comentários:

Coração Alado disse...

que lindo!
adorei teus poemas!

me deixaram mais leve hoje.
:)

Ela disse...

Sinto saudades das suas palavras, mais do que nunca.

Filhas da Pagu disse...

Ahhh passa seu novo blog denovo pleaseeee!!!

Fabiola disse...

pedro
que lindo!
um beijo!
ah me visite....